Veja 4 erros muito comuns na reforma que você precisa evitar – A.Dias

jun 11

Veja 4 erros muito comuns na reforma que você precisa evitar

As obras de construção civil são um desafio para quem vai executá-las, mesmo para os mais experientes. Por exemplo, os erros de reforma acontecem com aqueles indivíduos que ignoram os procedimentos corretos de engenharia, sejam por economia, sejam por falta de conhecimento desses serviços.

Pensando nisso, criamos este artigo com 4 erros comuns cometidos nas obras de reforma. Com as nossas dicas você evitará repeti-los e escapará das suas indesejáveis consequências. Acompanhe.

 

1. Falta de planejamento

O primeiro passo para evitar erros de reforma é o planejamento da obra. Você deve colocar tudo no papel, por meio de projetos e de planilhas, além de providenciar o orçamento e lançar as fases de execução de cada serviço (cronograma físico-financeiro).

Para isso, o aconselhável é que consulte um arquiteto ou engenheiro. Engana-se quem pensa que a contratação desses profissionais é um gasto caro e desnecessário, pois, não consideram o fator custo-benefício para a construção. Esses técnicos são especializados nesses serviços e estudam vários anos para ajudá-lo a realizar o seu sonho e evitar os pesadelos.

Para obras novas ou de reforma você deve contratar, no mínimo, os seguintes projetos:

  • arquitetônico;
  • elétrico;
  • hidráulico: água fria, quente, esgoto, águas pluviais (chuva), gás;
  • estrutural.

2. Uso inadequado de materiais

Tentar economizar ou comprar materiais errados para a sua obra são atitudes que conduzem a erros de reforma que terminam em prejuízos, tanto em questão de segurança quanto financeira. Por exemplo, acidentes para os usuários, em pisos escorregadios instalados em áreas molhadas. São danos físicos e financeiros, pois, será necessário retirar o acabamento para não repetirem os incidentes e, retrabalho é um custo desnecessário.

3. Profissionais sem qualificação

De nada adianta, planejar, projetar, fazer um orçamento o mais próximo da realidade, comprar materiais de primeira linha, se errar na contratação dos profissionais. Pedreiros, eletricistas, bombeiros hidráulicos etc., sem experiência e capacitação para obras de reforma podem causar muitos prejuízos nos serviços a serem realizados no seu imóvel.

Para evitar riscos de erros de reforma, busque referências de todos os profissionais que for contratar. De preferência faça visitas em obras já realizadas por eles, fuja dos curiosos e daqueles que dizem ser especialistas em tudo. Fique atento aos preços e busque os intermediários e, não contrate os muitos baixos nem os mais altos.

4. Falta de instalações elétricas e hidráulicas

Como os tubos, eletrodutos e cabos são embutidos no piso ou na alvenaria, costumam ser ignorados. No entanto, são eles que trazem conforto para acender uma lâmpada de vários lugares, pontos de máquinas de lavar e secar louças e roupas, purificadores de água, ar-condicionado, ventiladores etc.

Quando as instalações elétricas e hidráulicas não são projetadas, é comum ver quebradeiras de paredes e acabamentos para acrescentar tomadas e pontos de água e esgoto para instalação de algum equipamento que foi esquecido. Por isso, pense em todos os equipamentos que tem em casa e naqueles que pretende adquirir.

Portanto, siga as recomendações acima e evite os erros de reforma que são os mais comuns nos imóveis. Outra dica é, fique atento com a ventilação dos ambientes e caso não seja possível colocar janelas e portas em todos eles, você poderá adquirir um ar-condicionado com purificadores de ar para evitar fungos, bactérias e manter o ambiente saudável.

Agora que sabe como não cometer erros em suas obras, continue no blog e, conheça 7 dicas para economizar na reforma da casa. Até breve!

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.