Como identificar um vazamento de gás no seu ar-condicionado?

4 minutos para ler

Pense em um dia de intenso calor em que você chega em casa, liga seu aparelho condicionador de ar e ele já não tem a mesma potência e não funciona como deveria. Esse é um sinal de algo está errado com o seu aparelho. E um dos motivos pode ser o vazamento de gás do ar-condicionado.

Isso pode ocorrer porque o equipamento tem uma vida útil que varia de acordo com o tipo, modelo, tempo de uso e, também, se são feitas limpezas e manutenções regulares.

E essa durabilidade pode variar bastante. Mas, normalmente, fica em torno de 10 a 30 anos. Contudo, com a parte externa exposta a chuva e sol, esse tempo fica em torno de 15 anos. Ou seja, é uma variável que engloba diversos fatores.

Um dos cuidados que pode aumentar a vida útil do seu aparelho é observar se há vazamento de gás do ar-condicionado. Portanto, confira as dicas a seguir para identificar se tem algo de errado com o seu equipamento.

Perda de poder de refrigeração

O gás refrigerante do ar-condicionado tem a função de absorver calor e o liberar para fora do ambiente, fazendo uma troca térmica. Dessa forma, se há um vazamento, o calor permanecerá no espaço e demorará mais para que o local seja resfriado.

Os gases mais comuns são o R-22 e o R-410a, que se transformam em líquido e depois voltam novamente ao estado gaseificado. Desse modo, eles são feitos para não acabar. Se há perda da refrigeração, provavelmente há um vazamento de gás.

Emissão de sons na unidade interna

Se o seu aparelho está emitindo sons como assobios, esse é um sinal que podem haver furos ou rachaduras na tubulação. São nesses tubos de cobre que o gás circula no sistema de climatização e, quanto maior o dano, maior será o barulho.

Quando o gás está vazando há um certo período de tempo, o desempenho do aparelho piora e é necessário fazer uma troca ou reposição. No entanto, esse serviço só deve ser realizado por um profissional.

Serpentinas congeladas

Um vazamento do gás refrigerante pode alterar a sua circulação nas serpentinas do evaporador, que se tornam insuficientes e não conseguem absorver todo o calor. Quando isso acontece, há uma condensação e as peças de cobre podem congelar. Depois desse congelamento, o gelo derrete e começa a pingar.

Por vezes não é dada a devida atenção para esse problema. Contudo, o gelo constante na serpentina da evaporadora pode ser muito danosa a longo prazo, resultando em um prejuízo maior como, até mesmo, a necessidade de troca de todo o sistema.

Aumento no consumo de energia

Geralmente os problemas do aparelho de ar-condicionado só são percebidos quando chega a conta de energia com um valor acima do esperado. A perda do gás do equipamento resulta em mais dificuldade para que o ambiente seja refrigerado, o que faz com que ele fique ligado por mais tempo. Além disso, como a refrigeração não é eficiente, é comum que a temperatura seja diminuída, o que gasta ainda mais energia.

Portanto, conferir com regularidade como está a sua conta e fazer a comparação com períodos anteriores é uma forma simples de identificar se há algum problema.

O vazamento de gás do ar-condicionado pode dar sinais mais sutis, mas é preciso sempre ter atenção e fazer a manutenção preventiva. O teste de estanqueidade –ou “teste de vazamento” – é a melhor alternativa para verificar se há algo errado para tomar as medidas necessárias.

Viu como identificar o vazamento de gás do seu aparelho é importante? Se gostou desse conteúdo e quer ficar por dentro dos próximos, curta nossa página no Facebook para receber as novidades!

ar condicionado lgPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário