E agora, trocar o ar-condicionado ou mandar consertar? – A.Dias

fev 22

E agora, trocar o ar-condicionado ou mandar consertar?

Trocar o ar-condicionado ou mandar consertar: Pensando nessa dúvida,, preparamos este artigo com algumas dicas que podem ajudar você. Confira!

Se o seu ar-condicionado estragou e você está em dúvida se vale mais a pena trocar ou mandar consertar, fique tranquilo: essa é uma dúvida muito comum!

Ao longo da vida útil do aparelho, é normal aparecer um ou outro problema. O que você precisa observar é se o tipo de defeito que apareceu pode ser reparado ou se já é hora de investir em um novo equipamento.

Muitas vezes, o problema apresentado pode ser resolvido por um técnico da área e não sai tão pesado para o seu bolso. Em outras situações, porém, além do desgaste pessoal, o preço pode ser alto o suficiente para ser mais interessante trocar o ar-condicionado.

 

Pensando nisso, preparamos este artigo com algumas dicas que podem ajudar você a entender e decidir se é melhor consertar ou comprar um novo aparelho. Confira!

 

1. Há quanto tempo você possui o ar-condicionado?

Assim como em diversos outros setores da indústria, as tecnologias de desenvolvimento de ar-condicionado estão cada vez mais avançadas e o resultado disso são equipamentos mais econômicos, mais bonitos e menos barulhentos. Se o seu aparelho já fez muitos aniversários, é bom você pesquisar sobre as potencialidades de novos modelos.

 

2. Seu ar-condicionado está consumindo muita energia?

Você tem reparado aumentos significativos no preço da conta de luz? Mesmo com a variação de tarifas e impostos, você pode conferir a quantidade de kWs/h e, assim, verificar se o consumo de energia aumentou. Em caso positivo, pode ser que o seu ar-condicionado já esteja obsoleto e trocá-lo é uma opção a ser considerada.

 

3. É o primeiro reparo ou você envia o aparelho frequentemente para o conserto?

É preciso lembrar que o ar-condicionado também sofre com as ações do tempo — como qualquer outro equipamento. Com o passar dos anos, as peças se desgastam, a eficiência do aparelho vai se reduzindo e é preciso realizar manutenções periódicas.

Se você já fez um ou outro reparo, não há ainda motivos para comprar outro. Ainda vale a pena mantê-lo. Mas, se as visitas dos técnicos de manutenção estão frequentes, seu bolso vai agradecer por um novo aparelho.

 

4. O ar-condicionado está muito barulhento?

O nível de ruídos produzidos pelo ar-condicionado também é um indicador de que algo de errado pode estar acontecendo.

Se você acabou de instalar seu aparelho, o aumento do barulho pode ser causado por alguma falha na instalação; se o comprou há algum tempo, é provável que tenha acumulado poeira e uma manutenção simples já resolve.

Mas se os ruídos estão bem altos e frequentes, incomodando as pessoas e tirando a paz do ambiente, considere substituir seu equipamento.

 

Não é por qualquer problema que você precisa trocar o ar-condicionado, mas se consertá-lo está gerando dor de cabeça e muitos gastos, está na hora de comprar um novo modelo. Vale muito a pena investir em opções ecológicas, econômicas e capazes de oferecer mais conforto para sua casa.

 

Entender mais sobre as funcionalidades e características de seu ar-condicionado é essencial para aproveitar melhor os benefícios que ele oferece. Quer receber mais dicas de como cuidar do seu aparelho? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos como este em primeira mão!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.