Qual a importância do ar-condicionado na gravidez?

3 minutos para ler

A gravidez é um dos momentos mais fantásticos na vida de uma família — afinal, é a vida de um novo ser que está se formando. E como em todo momento especial, alguns cuidados são realmente indispensáveis!

Você já reparou no quanto a temperatura do ambiente afeta uma gestante? Por isso, é muito importante contar com um ar-condicionado na gravidez — a fim de proporcionar conforto para a mamãe e o bebê.

Mas você sabe por que cuidar da climatização é tão importante? Sabe os cuidados que deve-se ter na instalação de ar-condicionado? Continue nos acompanhando e descubra mais!

Afinal, por que um ambiente climatizado é importante para a gestante?

Insolação, náuseas, desmaios e pressão baixa são queixas recorrentes de muitas pessoas quando as temperaturas aumentam, você já percebeu? Quando essa pessoa é gestante, no entanto, essas situações pioram.

Durante a gestação, o metabolismo fica mais acelerado, os pés e mãos incham e, de maneira geral, todo o organismo fica mais sensível. Queda de pressão e retenção de líquido são alguns dos problemas enfrentados pelas futuras mamães que podem prejudicar o bebê.

Tudo isso pode piorar com as altas temperaturas, e é neste ponto que reside a importância de uma mulher grávida ficar em um ambiente bem climatizado.

Quais cuidados ter com o ar-condicionado na gravidez?

O principal momento de atenção é não exagerar ao diminuir ou aumentar a temperatura do recinto. Há uma média de temperatura ideal para proporcionar conforto térmico (entre 20ºC e 24ºC), e toda alteração que ultrapasse isso pode causar problemas.

O ressecamento das vias aéreas é outra ponto que deve ser levado em conta. Como o ar-condicionado deixa o ambiente mais seco, esta é uma questão comum. A melhor forma de manter a umidade estável e evitar isso é por meio de um umidificador — ou de um balde ou bacia com água e uma toalha molhada por perto.

Quais os cuidados necessários com a manutenção e instalação?

O primeiro grande cuidado é em relação à instalação, e não apenas quando trata-se de um aparelho voltado para gestantes. O ideal é que ela seja feita de acordo com as recomendações do fabricante, ou seja, por alguém especializado. Isso garante, além do perfeito funcionamento do aparelho, a saúde de quem vai estar no ambiente.

Quanto à manutenção, o principal cuidado é a limpeza: procure limpar os filtros ao menos uma vez por semana, a fim de garantir que o ar fique livre de bactérias.

Vale lembrar que a imunidade das grávidas é mais baixa, pois elas estão dividindo todos os nutrientes com o neném que está na barriga. Por isso, é preciso ter cuidado com as mudanças de temperatura — mesmo no próprio ar-condicionado.

A gestação é um momento que requer muitos cuidados. Se o corpo da mulher está mudando para gerar outra pessoa, todo o conforto possível é bem vindo neste momento.

Como o Brasil é um país extremamente quente, contar com um ar-condicionado na gravidez pode ser a melhor forma de tornar a casa ideal para a gestante — sem comprometer a sua saúde, tampouco a do bebê.

E aí, o que você achou desses cuidados? Já está tendo algum deles? Deixe um comentário e compartilhe a sua opinião e experiência com a gente!

Powered by Rock Convert

Posts Relacionados

Você também pode gostar

Deixe um comentário