Inspire-se: conheça os melhores arquitetos do Brasil

6 minutos para ler

A lista dos maiores arquitetos do Brasil que têm carreiras consolidadas e trabalhos reconhecidos internacionalmente é bem extensa.

Conhecer o trabalho deles não é apenas uma das maneiras de colecionar boas referências de projetos, também é um jeito de reunir fontes de inspiração para o planejamento da própria trajetória profissional.

Pensando nisso, selecionamos alguns dos principais nomes da área de arquitetura do país na atualidade neste post. Boa leitura!

Felipe Diniz

Já era formado em administração e havia trabalhado em bancos por alguns anos quando optou pela arquitetura. Defende a ideia de casas menores — com poucas coisas e menos carros — e prioriza o conforto em seus projetos, preferindo a utilização de materiais naturais como madeira e pedras.

No ano de 2017, abriu o escritório Diniz Overmeer em Nova Iorque, consolidando a parceria com a também arquiteta Juliana Overmeer e a visibilidade internacional do seu trabalho.

Isay Weinfeld

Linhas retas, boas proporções e detalhamento elegante são características comuns nos projetos desse profissional adepto do modernismo. No entanto, ele prefere não ter seu trabalho rotulado dentro de um único estilo para ter mais liberdade na criação e manter vivo o que considera essencial em seu ofício, o elemento surpresa.

Já realizou projetos no Uruguai, na Sérvia e em Mônaco e recebeu diversos prêmios internacionais, como o International Architecture Awards. Com o propósito de ter uma atuação multidisciplinar, já expandiu seu talento também para o design de mobiliário, o cinema e a cenografia.

Paulo Mendes da Rocha

Figura entre os arquitetos do Brasil mais cultuados e com maior reconhecimento em outros países. Acredita que o objetivo principal da sua profissão é resolver problemas. Busca incorporar áreas ambientais e sociais, acreditando na capacidade humana de intervir criteriosamente na natureza, pois, para ele, “a primeira e primordial arquitetura é a geografia”.

Seus projetos estão, principalmente, em São Paulo (Galeria Vermelho, Museus da Escultura e da Língua Portuguesa, Praça do Patriarca, Pinacoteca etc.) e em Lisboa (Museu Nacional dos Coches e Casa dos Quelhas). Foi o ganhador do Prêmio Pritzker em 2006.

Rosa Kliass

Pioneira do paisagismo no Brasil, Rosa descobriu a paixão pela área em uma disciplina no último ano da faculdade e criou seu próprio mercado de atuação — pois, na época, todos buscavam os projetos de Burle Marx. Fundou a Associação Brasileira dos Arquitetos e Paisagistas (ABAP) e a presidiu nas gestões 1976–80, 1982–85, 1989–91, 1991–94 e 2000–02.

Entre seus principais trabalhos estão:

  • planejamento urbano e paisagístico de Curitiba (1965);
  • reforma do Vale do Anhangabaú (1981);
  • parques Halfeld e Mariano Procópio (Minas Gerais, 1979);
  • parques do Abaeté e de Esculturas (Salvador, 1992 e 1996);
  • parques da Residência e das Docas (Belém, 1998);
  • projeto de paisagismo do Parque da Juventude, antigo Presídio do Carandiru (2003).

David Bastos

Formado em arquitetura pela Universidade Federal da Bahia, o baiano David Bastos é um nome marcante na área, conhecido principalmente pelo seu estilo que busca mesclar itens modernos e antigos em seus projetos, criando sempre um espaço aconchegante e cheio de personalidade.

Três conceitos estão sempre presentes no seu trabalho, que constituem uma marca do arquiteto: conforto, informalidade e respeito. Com dois escritórios em solo nacional — um com sede em sua terra natal, e outro na capital paulista — David Bastos possui um currículo exemplar com diversos projetos de sucesso e participações na famosa Casa Cor.

Entre suas principais obras, se destacam duas casas de praias (uma feita em Interlagos-BA, e outra em Baleia-SP), algumas lojas na Bahia e também um apartamento na 5a Avenida, em Nova York.

Ruy Ohtake

O arquiteto paulistano Ruy Ohtake possui mais de 400 obras em seu acervo, e o modernismo de seus projetos prioriza o convívio nos espaços:

“A obra materializa a relação da arquitetura com as pessoas que a frequentam ou a usam: o diálogo com os espaços internos, a adequação dos materiais e a clareza funcional. É assim nas praças, nos centros de convivência, nos espaços de cultura, nos aquários, nas moradias e nos complexos residenciais. São as emoções e as razões pelas quais tenho me empenhado para que meus projetos sejam construídos.”

As principais caraterísticas de suas obras são a harmonização entre o design e a arquitetura, de forma a humanizar o ambiente e torná-lo mais comunicativo com as pessoas que frequentam esses espaços.

Ruy Ohtake, que também é especialista em design de móveis, é autor de diversos projetos consagrados, tais como o Parque Ecológico do Tietê, o Expresso Tiradentes, o Edifício Tomie Ohtake e o Hotel Unique em São Paulo, além o Aquário do Pantanal no Mato Grosso do Sul.

Felipe Hess

Felipe Hess é um dos integrantes que compõe uma nova geração de arquitetos brasileiros que vem se destacando pela diferenciação em projetos, sempre buscando traduzir a identidade dos clientes. Preza muito por trazer, em cada projeto de sua autoria, um perfil único e se nega a reproduzir mais do mesmo.

Formado pela Escola da Cidade em 2007, em São Paulo, se tornou obcecado pela obra do consagrado arquiteto Isay Weinfeld e não mediu esforços para conseguir trabalhar com seu ícone e absorver o máximo que podia.

Certa vez pulou o muro de uma obra onde o arquiteto trabalhava para dialogar pessoalmente com Isay Weinfeld e pedir um estágio. Toda essa loucura acabou valendo a pena, Felipe conseguiu o que queria e a experiência que teve com seu mentor lhe serve de inspiração para cada projeto realizado.

Fernanda Marques

Formada pela FAU USP (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo), a renomada Fernanda Marques possui um escritório na Vila Olímpia, Zona Sul de São Paulo.

Seu trabalho é reconhecido, principalmente, por aliar o sofisticado com o moderno, criando projetos muito exclusivos e que se adaptam ao gosto de seus clientes. A arquiteta também se dedica ao paisagismo, design de produtos e comunicação visual.

Além do Brasil, suas obras podem ser encontradas também em países como Estados Unidos, Inglaterra e Portugal.

Marcio Kogan

Proprietário do renomado Studio MK27, fundado na década de 80 em São Paulo, Marcio Kogan é um dos maiores arquitetos do Brasil. Seu trabalho é caracterizado pelo toque moderno e minimalista.

Reconhecido mundialmente, o arquiteto já foi premiado tanto fora quanto dentro do país, e suas obras são destaques em diversas mostras de arquitetura. Dentre suas principais referências, pode-se citar grandes nomes como Toyo Ito, Niemeyer e Mies van der Rohe.

Para se destacar entre os maiores arquitetos do Brasil, é preciso apresentar um trabalho com muita personalidade. Conhecer a trajetória dos principais nomes da arquitetura nacional, observando gostos em comum e ideais similares, é um grande passo para a construção da própria identidade profissional.

Se você gostou do nosso conteúdo e se sentiu inspirado por ele, compartilhe o post nas suas redes sociais e inspire seus amigos e familiares também!

ar condicionadoPowered by Rock Convert

Posts Relacionados

Você também pode gostar

Deixe um comentário