Fique por dentro da Bienal de Veneza – A.Dias

fev 19

Fique por dentro da Bienal de Veneza

A Bienal de Veneza é considerada a mostra de arte mais importante do mundo. Durante os meses do evento, países de todos os continentes reúnem os seus artistas mais importantes no Parque Giardini, no leste da cidade italiana, onde acontece a exposição.

Em 2017, a bienal reuniu instalações artísticas entre os meses de maio a novembro — o tema foi “Viva Arte Viva”. Nessa 57ª edição, o Brasil recebeu menção honrosa do festival, fato que não acontecia há quase três décadas.

Ano que vem, a bienal já tem tema e data para acontecer. Quer saber mais detalhes sobre essa importante mostra de arte internacional? Então, confira o nosso post!

Confira um breve histórico sobre a Bienal

A Bienal surgiu em 1895 na cidade de Veneza, localizada no nordeste da Itália. Doze anos mais tarde, diversos países começaram a instalar pavilhões próprios no Parque Giardini (onde ainda acontece o festival) para receberem seus artistas nacionais.

Organizado pelo governo italiano, o evento precisou ser interrompido durante a Segunda Guerra Mundial e só foi retomado em 1948 — período em que foi consolidado como um espaço aberto às tendências da arte. Dois anos depois, o Brasil formou uma representação nacional e, ao longo dos anos, recebeu diversos prêmios importantes.

Entenda como acontece a Bienal de Veneza na atualidade

Atualmente, a Bienal de Veneza se organiza em mostras e exposições divididas em grupos. Cada uma delas acontece de dois em dois anos. O número de países participantes varia de acordo com a edição. Em 2017, por exemplo, aconteceu a Bienal de Arte e, ao todo, foram 120 artistas convidados, de 51 nações diferentes.

Entre as categorias do festival, podemos citar:

  • Mostra Internacional de Arquitetura;
  • Exposição Internacional de Arte;
  • Festival Internacional de Cinema de Veneza (anual);
  • Festival Internacional de Teatro, Música e Dança.

Os países são divididos em pavilhões e, em 2017, o Brasil marcou presença no evento com a instalação “Chão de Caça”, da artista Cinthia Marcelle. A mostra brasileira recebeu a menção honrosa do festival, que premia os melhores trabalhos do ano.

Além do Brasil, diversos países apresentaram exposições interessantes. O artista italiano Lorenzo Quinn, por exemplo, construiu uma escultura chamada de “As mãos de Lorenzo Quinn”. A estátua gigante transmitiu a impressão de que estava saindo de um dos lagos de Veneza. O objetivo foi chamar a atenção para o aquecimento global.

Saiba o que esperar da edição de 2018

Os arquitetos e amantes da área devem ficar atentos! Isso porque, em 2018, acontece a Bienal de Arquitetura, entre os dias 26 de maio e 25 de novembro. O tema do festival é Freespace (espaço livre, em português). A ideia é entender melhor o papel da arquitetura para além dos projetos de construção e reforma, e celebrar sua contribuição para a humanidade.

A Bienal é um evento indispensável para quem ama arte, música, dança, teatro e arquitetura. Portanto, se você é da área, já pode ir preparando as malas e comprando a passagem para Veneza. Afinal, a edição de 2018 promete!

Gostou do nosso artigo sobre a Bienal de Veneza? Tem alguma informação importante para acrescentar? Então, deixe um comentário logo abaixo!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.