Como acabar com o mofo utilizando o ar-condicionado? – A.Dias

out 11

Como acabar com o mofo utilizando o ar-condicionado?

como-acabar-com-o-mofo-utilizando-o-arcondicionado.jpeg

Em ambientes muito úmidos é comum o aparecimento de manchas escuras causadas por fungos — o famoso mofo ou bolor. Mas as tais manchas não incomodam somente pela aparência negativa, elas podem causar sérios danos à saúde, principalmente de quem tem a imunidade mais baixa.

Neste artigo, listamos diversas dicas de combate ao mofo. Confira!

Como o mofo se forma?

Os fungos causadores do mofo se reproduzem por meio da formação de esporos, que quando entram em contato com ambientes muito úmidos e quentes começam a crescer, formando manchas com cor e odor característicos em paredes, móveis, roupas e outras superfícies.

Mofo é nocivo à saúde?

Sim! As pessoas com imunidade baixa ou que sofrem com alergias, as crianças e os idosos são os que mais sofrem com o aparecimento do mofo, problema que se espalha com bastante facilidade em ambientes úmidos, com incidência de chuva ou calor forte.

Alergias e problemas respiratórios são as consequências mais comuns de quem tem contato com superfícies atingidas pelo mofo.

Como acabar com o mofo?

Para evitar o surgimento do mofo, mantenha sempre a casa arejada, abrindo janelas e portas sempre que possível. No banheiro, após o banho, mantenha o basculante aberto e as portas ou cortinas do box abertas ou esticadas, para que o fluxo de ar possa secar o ambiente.

Uma dica caseira para acabar com o mofo é colocar nos cantos das gavetas pedacinhos de giz. Eles atuam como uma esponja, sugando a umidade. Quando estiverem bem úmidos basta retirá-los e secá-los ao sol, podendo colocá-los de volta assim que estiverem completamente secos.

Como fazer a limpeza das superfícies?

Em alguns casos, somente a limpeza com pano úmido não é o suficiente. No caso de armários, é importante colocar em gavetas e armários alguma substância que “puxe” a umidade.

Fique sabendo que no mercado ou em lojas específicas de produtos de limpeza pode-se encontrar produtos próprios para o fim do mofo. Além de suavizar as manchas e a umidade, eles ofertam uma suave e agradável fragrância. Em casos maiores ou de urgência é possível contar com o serviço de empresas especializadas na limpeza dos revestimentos atingidos.

Como utilizar o ar-condicionado como aliado no combate ao mofo?

Fica claro quando entramos em um ambiente climatizado que o ar é mais seco que o normal. Isso se dá por conta do aparelho de ar-condicionado, que retira a umidade do local em questão. Nos casos em que a higienização do aparelho está em dia, com filtros limpos, a umidade do ar no ambiente chega a ser abaixo de 60%.

Percebeu que o seu ar-condicionado não serve apenas para resfriar o ambiente? Pois é! Ele pode auxiliar na manutenção do estado seco do ambiente e isso evita o aparecimento do mofo nas superfícies, além de tornar o local ainda mais agradável e fresco.

Ligar a função desumidificar

Tal opção se encontra na maioria dos aparelhos atuais e pode facilmente ser ativada pelo controle remoto. Depois de escolher essa função, não é necessário fazer mais nada! Automaticamente o aparelho detecta qual é a umidade do ar e passa a trabalhar até atingir um nível satisfatório.

Ative a função desumidificar todas as vezes que o clima se apresentar chuvoso ou úmido. Assim você garante um ambiente seco e livre dos possíveis avanços dos fungos.

Há outras formas de combater o mofo dentro de casa?

Não tem jeito, quando o mofo dá as caras dentro de casa fica difícil relaxar: além da aparência prejudicada — ninguém merece as manchas nas superfícies —, o bolor pode agravar as doenças e alergias respiratórias, sem contar no cheiro desagradável que toma conta do ambiente.

Além das dicas esclarecedoras anteriores, há outros pontos que você pode tornar rotineiros e conseguir, dessa forma, combater o mofo dentro do seu lar. Veja a seguir 3 atos superúteis na luta contra o bolor.

Utilizar os produtos adequados para cada superfície

Não é à toa que exista tanta variedade na seção de produtos de limpeza do supermercado e tantos truques disponíveis na internet: cada pedacinho da sua casa necessita de produtos específicos para a limpeza correta. Um bom exemplo são os estofados: para cada tecido há um tratamento correto de higienização. Conheça:

  • couro: não lida bem com detergente ou panos muito molhados — água em excesso pode causar bolor em lugares difíceis de limpar, como frestas e estruturas internas dos estofados. O ideal é fazer uma mistura de álcool e vaselina (2 colheres de café de álcool para 1 de vaselina) e aplicar com auxílio de um pano macio;
  • vinil: nesse caso utilize a espuma do detergente (o revestimento também não permite utilizar água em excesso), aplique o produto com uma esponja macia e retire o excesso com um pano seco. Permita que o sofá seque na sombra.

Outros itens podem ser usados como referências de limpeza correta:

Rejuntes do banheiro

Eis um lugar que frequentemente apresenta mofo, a dica é utilizar cloro ou água sanitária para retirar o excesso da sujeira e manter a limpeza borrifando semanalmente uma mistura de bicarbonato com vinagre.

Madeira em geral

O bolor pode atacar desde os móveis de madeira até as portas de casa. Você pode controlá-lo com a solução de 10 colheres de bicarbonato e 1 litro de água. Borrife a mistura, em seguida seque a área com o secador de cabelo e retire o excesso com uma esponja ou escova seca.

Manter a casa arejada

É bom avisar: nenhum produto de limpeza ou “misturinha” é tão eficiente quanto manter o seu lar arejado. Renovar os ares da casa beneficia o clima, que não fica tão abafado ou “pesado”, além de diminuir consideravelmente a umidade.

Aproveite os pontos de sol, abra as janelas e cortinas durante o dia, crie o hábito de, sempre que possível, manter as portas e janelas abertas para permitir que o vento circule por todos os ambientes. Não se esqueça das portas e gavetas dos armários, elas também merecem ventilação!

Outro bom costume é tomar banho de porta aberta ou semiaberta, fator que garante a dissipação da umidade e livra o cômodo do acúmulo de água infiltrada, tanto no teto quanto nas paredes e rejuntes.

Guia-Completo-entenda-como-evitar-mofo-na-sua-residência

Evitar deixar objetos empilhados

Aglomerar muitas coisas é sinônimo de não deixar o ar circular ao redor e dentro delas, o que propicia, além de acúmulo de poeira, um local úmido: cenário perfeito para o aparecimento de mofo.

A dica, portanto, é fazer com que os seus pertences saiam do lugar rotineiramente, caso não haja condições de mantê-los distribuídos. Se possível, deixe-os pegando sol por algumas horas. Livros e casacos são os itens que mais contribuem para o aparecimento de bolor, por isso ofereça a atenção necessária a eles!

Ficou claro que há muitas formas de combate ao mofo, não é mesmo? Lembre-se de que o cuidado com o ambiente doméstico é sinônimo de cuidado com a sua família e amigos. Não permita que o bolor tome conta dos cenários de lazer e descanso que você ama, pois como já sabemos, ele pode prejudicar seus melhores momentos.

Gostou das dicas de hoje? Quer estar sempre antenado nas melhores novidades e truques para melhorar o seu lar? Então siga-nos nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagramLinkedInTwitterYouTube!

Modelo de ar condicionado perfeito para a sua empresa

Posts Relacionados

2 comentários

    • John on 11 de junho de 2019 at 03:38
    • Responder

    Gente que matéria fantástica! Aprendi muito, ainda mais que comecei a morar sozinho agora não tenho prática nessas coisas! Adorei nota 1000

    1. Olá John, Agradecemos por acompanhar nossos conteúdos. Fique ligado, em breve teremos muito mais novidades ! 🙂

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.