Ar-condicionado e animais: como manter essa relação saudável

3 minutos para ler

Uma grande parcela das famílias brasileiras tem, pelo menos, um animalzinho em casa. Porém, como estamos em um país tropical em que boa parte do ano tem dias muito quentes, é preciso ter cuidados na relação de ar-condicionado e animais. Para quem vive em casa ou apartamento com bichos de estimação, eles podem se refrescar com mais facilidade.

No entanto, é necessário tomar precauções para que o uso de ar-condicionado não afete a saúde dos bichinhos. Essa exposição pode causar problemas como pneumonia e bronquite. O mais importante é que o aparelho seja usado com cuidado. A reação dos animais ao resfriamento do ambiente não é a mesma que dos humanos, e isso deve ser levado em conta no momento de definir a temperatura.

Por isso, confira o que você pode fazer para manter o espaço agradável sem prejudicar a saúde do seu pet!

Deixe água limpa e fresca

O uso de aparelhos de ar-condicionado pode deixar o clima mais frio, mas ele também resseca o ar. Se você pode sofrer com esse ar seco, o seu pet também sofrerá, não é mesmo? Dessa forma, é preciso sempre trocar a água dos animais para que ela esteja fresca e limpa para que o bichinho possa se hidratar.

Outra solução que pode ajudar é o uso de umidificadores e climatizadores. Esses equipamentos utilizam um sistema de evaporação de água que aumenta a umidade do ambiente e, consequentemente, a qualidade do ar. Essas duas medidas em conjunto ajudarão bastante para que seu pet não sofra quando o ar-condicionado estiver ligado.

Powered by Rock Convert

Não deixe o animal molhado

Essa é uma dica muito importante. Às vezes, os animais saem do banho e vão direto para um ambiente refrigerado. E isso pode fazer muito mal! Apesar dos pêlos dos bichinhos serem uma proteção que ajudam a ajustar a temperatura interna, deixá-los molhados achando que ajudará a diminuir o calor é um grande erro.

Portanto, antes de deixar o animal em um local que tenha ar-condicionado, avalie se ele está totalmente seco. As tosas regulares podem ajudar para que o pet fique seco mais rápido. Assim, ele pode usufruir dos ambientes refrigerados com mais rapidez e segurança.

Mantenha a temperatura certa

Esse é um dos pontos que mais ajudam na relação do ar-condicionado e animais. Quando o aparelho estiver ligado, o clima ideal para os pets é entre 24° e 26°, ou seja, o mais próximo da temperatura ambiente. Assim, o espaço fica agradável, mas sem estar frio demais de uma forma que possa ser danosa para o seu bichinho.

Os animais podem controlar melhor sua temperatura interna. Ou seja, o calor que pode parecer insuportável para os humanos pode não ser para os pets. Nesse sentido, é melhor ajustar o aparelho para que o ambiente fique agradável, sem temperaturas extremas.

Mesmo que a refrigeração seja um cuidado para deixar o ambiente mais agradável para todos, é preciso pensar bem na relação entre ar-condicionado e animais. Eles precisam de atenção especial e não há como levar em conta apenas como você se sente.

Gostou de aprender mais sobre como cuidar do seu pet e usar ar-condicionado? Curta nossa página no Facebook para acompanhar mais conteúdos como esse!

Você também pode gostar

Deixe um comentário