4 arquiteturas famosas que você precisa conhecer

4 minutos para ler

A natureza oferece gratuitamente maravilhas para os nossos olhos. De maneira semelhante, o homem projeta e produz belas obras por meio de arquiteturas famosas que, além de contar a nossa história, demonstram a evolução da humanidade.

Neste artigo, vamos mostrar quatro arquiteturas famosas para que você possa conhecer sem sair de casa. E, quem sabe, se inspirar para a criação de novos projetos. Acompanhe.

1. Biblioteca de Sainte-Geneviève (Paris)

Quando falamos de arte em Paris, sabemos que aí vem coisa boa! Essa é uma biblioteca pública e universitária que está localizada em 10 place du Panthéon, 75005. Foi projetada por Henri Labrouste e inaugurada em fevereiro de 1851.

Sua estrutura retangular lembra duas caixas de sapato sobrepostas, porém, com a simetria característica da arquitetura neorrenascentista italiana. Atualmente, disponibiliza internet, scanners e máquinas copiadoras para os visitantes.

Entre as obras, você encontrará as coleções da abadia de Sainte-Geneviève doadas pelo cardeal de la Rochefoucauld, são 600 volumes. Da velha-guarda, há, ainda, os manuscritos e livros do filho do ministro do rei Louis XIV, o cardeal Charles-Maurice Le Tellier.

2. Templo de Lótus (Nova Deli)

Mais um clássico das arquiteturas famosas é o Templo de Lótus que recebeu esse apelido por sua forma ser semelhante à da flor. Na verdade, é mais uma casa de oração na qual os textos da religião Fé Bahá’í são cultuados.

No entanto, o templo recebe qualquer visitante, seja qual for a sua crença. Foi projetado por Fariborz Sahba, um arquiteto nascido no Irã, e inaugurado em 1986. Parte do dinheiro para comprar o terreno e financiar a obra veio das economias de um empresário indiano, Ardishír Rustampúr.

Fica situado em uma vila chamada Bahapur, em Nova Deli, capital da Índia. Em seu interior, não é permitido ter imagens, esculturas e, nem mesmo, um altar. Porém, adeptos de outras religiões podem ler e cantar suas escrituras desde que não pratiquem rituais.

3. Ópera de Sydney (Sydney)

Inaugurada em 1973, a Ópera ou Teatro de Sydney é considerada patrimônio mundial da UNESCO. Iniciou-se uma reforma em 2017 para melhorias e atualizações, principalmente, na acústica. A previsão de término dessa obra é 2020.

Está localizada na Baía de Sydney, projetada pelo arquiteto dinamarquês Jørn Utzon. A sua construção teve início em 1956. Dez anos após o começo, Jørn se desentendeu com os proprietários e abandonou a obra.

É um complexo artístico que abriga teatros, estúdios para ensaio, lojas de conveniência, restaurantes, além do seu maior e principal auditório, o Concert Hall, que tem capacidade para receber um público de 2690 pessoas.

4. Complexo Social de Alcabideche (Portugal)

É um condomínio que, atualmente, abriga 52 casas e um prédio de apoio. Está localizado na região metropolitana de Lisboa. Normalmente, os empreendimentos são voltados para atender jovens casais, famílias com crianças e adolescentes. No entanto, em 2012, os arquitetos, José Guedes Cruz, Marco Martinez Marinho e César Marques pensaram na turma da terceira idade.

Sua intenção é resgatar a época em que a ideia de privacidade era um pouco diferente da atualidade, em que bastava abrir as portas das casas para ter acesso às praças, às ruas e aos jardins.

São ambientes confortáveis com acessibilidade para idosos, que podem circular até a noite. Pensando na segurança, a cobertura das residências iluminam o complexo e, em caso de emergência, uma luz vermelha pode ser acionada como sinal de aviso.

Neste post, citamos arquiteturas famosas projetadas por profissionais estrangeiros. No entanto, também existem excelentes arquitetos no Brasil. Procure conhecê-los e se inspire em suas obras sem precisar ir muito longe. Valorize também o que é de casa!

Achou o assunto interessante? Compartilhe com os seus amigos nas suas redes sociais e mostre para eles essas maravilhas da arquitetura!

 

ar condicionadoPowered by Rock Convert

Posts Relacionados

Você também pode gostar

Deixe um comentário