0800 15 66 11 ou (11) 3649-4000 - Seg à Sex das 8:15 as 19:00 - Sábado das 09:00 as 15:00.
Seu portal de conteúdo especializado em ar-condicionado!
Nossas redes sociais:

Cobre ou alumínio: qual tipo de tubulação de ar-condicionado escolher?

Tubulação de ar-condicionado: O tipo de tubulação é um fator importante que deve ser levado em consideração. Quer saber qual escolher? Confira nesse post!

O desejo de ter um ar-condicionado em casa aumenta cada vez mais por conta das altas temperaturas. Afinal, além de desagradável, o calor afeta a qualidade de vida, principalmente do sono.

 

Mas não basta apenas comprar um aparelho de ar-condicionado: é preciso ter alguns cuidados e ficar muito atento na hora da instalação. São muitos os detalhes e, por isso, é fundamental que esse processo seja realizado por um profissional qualificado.

O tipo de tubulação de ar-condicionado, por exemplo, é um fator importante que deve ser levado em consideração. Hoje, existem duas opções: alumínio ou cobre. Quer saber qual escolher? Confira no post de hoje!

Modelo de ar condicionado perfeito para a sua empresa

Cobre e alumínio na tubulação de ar-condicionado: qual a diferença?

Ambos podem ser usados na tubulação, mas possuem diferenças que podem influenciar na escolha de um ou outro. Portanto, é fundamental conhecer essas diferenças para fazer a escolha certa na hora da instalação do seu ar-condicionado.

 

A grande diferença entre os dois é o preço. O cobre é mais caro que o alumínio, pois não é encontrado com tanta abundância na natureza. Esse material tmabém é mais pesado, fator que eleva o seu preço.

 

Além disso, o alumínio é manuseado com mais facilidade. Contudo, ambos têm vantagens e desvantagens que devem ser consideradas.

Cobre: vantagens e desvantagens

A principal vantagem do cobre é que ele tem uma condutividade térmica maior, praticamente o dobro do alumínio. Isso significa que ele aquece e resfria mais rapidamente, fazendo o aparelho trabalhar com mais facilidade e eficiência.

 

Além disso, os tubos de cobre são mais rígidos, mais difíceis de oxidar e mais resistentes. No caso de degradação, é possível corrigir com solda, o que não acontece com os tubos de alumínio.

 

Já a desvantagem é o preço. O cobre custa cerca de três vezes mais que o alumínio, pois é um material não encontrado com tanta facilidade na natureza. Além disso, é mais pesado.

Alumínio: vantagens e desvantagens

A grande vantagem do alumínio é o preço. E é justamente esse fator que determina a maioria das decisões. O motivo do menor preço é simples: esse material é encontrado com mais facilidade e é mais leve que o cobre.

 

Contudo, apesar do preço menor ser um atrativo, há desvantagens que devem ser levadas em consideração, como a fragilidade desse material.

 

Ao contrário do cobre, em caso de degradação, os tubos de alumínio precisam ser substituídos, pois não podem ser reparados. Como é um material muito frágil, pode ser facilmente dobrado ou amassado, o que pode danificar o tubo.

 

A corrosão galvânica também é um problema nos tubos de alumínio. Essa corrosão acontece quando, na presença de ar, o alumínio encosta nas conexões de latão. Com isso, o metal fica poroso, resultando em vazamentos após algum tempo.

 

A escolha da tubulação de ar-condicionado é muito importante, pois pode ser o fator que determinará o bom funcionamento do aparelho. Os dois materiais são opções viáveis, mas com suas vantagens e desvantagens. Portanto, é preciso decidir entre economia ou qualidade, já que cada uma das opções se encaixa em uma dessas características.

 

Nossas informações foram úteis? Aproveite e confira este post para avaliar se a sua casa está preparada para a instalação do ar-condicionado!

Guia-Completo-entenda-como-evitar-mofo-na-sua-residência

Posts Relacionados

CONTEÚDOS GRATUITOS
Coloque seu e-mail abaixo para receber gratuitamente mais conteúdos como este!

Digite seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *