0800 15 66 11 ou (11) 3649-4000 - Seg à Sex das 8:15 as 19:00 - Sábado das 09:00 as 15:00.
Seu portal de conteúdo especializado em ar-condicionado!
Nossas redes sociais:

Qual deve ser a temperatura do ar-condicionado no inverno?

qual-deve-ser-a-temperatura-do-arcondicionado-no-inverno.jpeg

Quando o inverno se aproxima, uma das maiores preocupações é garantir o conforto do lar para toda a família. E é claro que contar com um ar-condicionado faz toda a diferença para enfrentar essa estação do ano da forma mais cômoda e aconchegante possível!

Entretanto, muitos proprietários desses aparelhos têm dúvidas de como regular a temperatura do ar-condicionado. Esse é um conhecimento importante, pois quando ajustado corretamente, a equipamento proporciona bem-estar, evita prejuízos à saúde e ainda contribui para uma grande economia na conta de energia elétrica.

Para obter todos os benefícios possíveis do produto, vários fatores devem ser levados em conta na hora de ajustá-lo. Continue lendo e descubra quais são eles!

1. Temperatura do ar-condicionado

A temperatura ambiente e a umidade do ar são variáveis muito importantes na hora de regular o aparelho. No inverno, quando geralmente a umidade do ar está alta e a temperatura baixa, o ideal é que o ajuste do ar-condicionado seja feito entre 19 e 22 graus Célsius.

Isso evita o choque térmico, uma situação que pode acontecer quando alguém transita bruscamente entre dois ambientes com temperaturas contrárias extremas. Nessa condição, o usuário pode sofrer alguns desconfortos, como tonturas, queda da pressão arterial e taquicardia. Além disso, pode haver alteração na imunidade local, facilitando o surgimento de infecções virais e bacterianas.

2. Ventilação indireta

O posicionamento do aparelho deve estar ajustado de maneira que a ventilação não incida diretamente no usuário, porque esta exposição pode causar malefícios, tais como ressecamento das mucosas e agravamento de alergias.

3. Manutenção correta

A falta de higienização frequente do ar-condicionado causa acúmulo de sujeira no aparelho, o que pode ser prejudicial para a saúde. Além disso, durante a refrigeração acontece a condensação da água, a qual acaba sendo acumulada no interior do equipamento, favorecendo o aparecimento de bactérias e fungos.

Ambos os fatores são determinantes no desencadeamento de problemas respiratórios, como rinite, sinusite, asma e infecção pulmonar. Muitos modelos apresentam função de autolimpeza, o que é muito vantajoso e deve ser levado em conta no momento da compra do produto.

4. Economia

É muito importante que, antes de adquirir o ar-condicionado, sejam analisados os recursos de economia de energia elétrica que o aparelho apresenta. Dispositivos mais novos geralmente contam com essas funções.

Uma delas é o modo Sleep, presente na maioria dos modelos. Esse recurso possibilita ao usuário programar o aparelho para que esse mantenha a mesma temperatura durante toda a noite, evitando oscilações prejudiciais tanto para a saúde, quanto para o bolso. Além disso, com essa função também é possível programar o desligamento do equipamento em determinado horário, o que gera ainda mais economia.

Outra forma de economizar com o ar-condicionado é ajustar corretamente a temperatura. Como foi mencionado, nos dias de inverno o clima ambiente deve permanecer entre os 19 e 22 graus Célsius. Exceder esses limites fará com que o equipamento trabalhe mais para atingir a temperatura desejada, o que implicará diretamente no aumento da conta de luz.

Agora que você entendeu como ajustar a temperatura do ar-condicionado no inverno, que tal conhecer melhor as funcionalidades do seu aparelho? Confira agora as nossas dicas sobre ar-condicionado com a função quente e frio!

Modelo de ar condicionado perfeito para a sua empresa

Posts Relacionados

CONTEÚDOS GRATUITOS
Coloque seu e-mail abaixo para receber gratuitamente mais conteúdos como este!

Digite seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *