Posso incluir o ar-condicionado na reforma ou construção da casa? - A.Dias

jul 24

Posso incluir o ar-condicionado na reforma ou construção da casa?

Climatizar o ambiente residencial tornou-se uma necessidade. No verão, as altas temperaturas incomodam a ponto de impedir uma noite de sono tranquila ou mesmo um dia de lazer dentro de casa. Por isso, quem investe na reforma ou construção hoje deve incluir o ar-condicionado na lista de itens importantes.

No post de hoje, mostraremos quais são os cuidados necessários para a escolha do aparelho, instalação e manutenção. Acompanhe!

Reforma ou construção: incluindo o ar-condicionado

O primeiro passo é optar por um dos modelos disponíveis: janela, split, split janela e cassete são os principais. Para saber qual o melhor para sua casa, pesquise e consulte especialistas. Você deve levar em consideração o espaço disponível, suas necessidades e desejos.

O cálculo para saber qual capacidade escolher, na verdade, é bastante simples. Calculada em BTU/h, ela é resultado da soma de alguns fatores:

  • cada equipamento eletrônico: 600 BTU/h
  • até duas pessoas no ambiente: 600 BTU/h
  • pessoa adicional: 600 BTU/h
  • metro quadrado: 750 BTU/h

No caso de ambientes com forte insolação, trocar o valor-base de 750 BTU/h para 950 BTU/h.

Feito isso, é preciso conversar com a equipe responsável pela reforma ou construção da casa — incluindo aí arquiteto, engenheiro e construtora — para fazer o que se chama de pré-instalação: a organização prévia dos pontos que vão receber um aparelho de ar-condicionado. Isso significa preparar o local que receberá a fiação elétrica e pontos, dreno, tubulação e o disjuntor individual.

Para evitar quebra-quebra após a finalização do serviço, é fundamental planejar com o máximo de antecedência como isso será feito. Muitos empreendimentos novos já oferecem esse serviço aos clientes, evitando dores de cabeça para você.

Cuidados na instalação

Nessa etapa, contar com um acompanhamento técnico de qualidade é fundamental. Se você pretende comprar os aparelhos após o término da reforma ou construção, é interessante ter um profissional para ajudar a avaliar se o trabalho está a contento.

Na hora de instalar, existem variações de acordo com o modelo. Se você optar por split, lembre-se de que uma parte do aparelho fica dentro do ambiente e a outra fora (conectados por tubos).

É preciso levar em consideração a distância entre as partes externa e interna. O mais seguro é que elas estejam o mais próximo possível uma da outra, diminuindo a probabilidade de defeitos na instalação — que podem comprometer a garantia do fabricante.

Outro cuidado para a instalação do ar-condicionado, seja na reforma ou construção, é que o tubo de drenagem da água precisa estar ligado diretamente à rede pluvial da casa. Aparelhos pingando, além de inconvenientes e visualmente desagradáveis, podem causar acidentes e estragos.

Cuidados com a manutenção

Para garantir o bom funcionamento dos aparelhos e prevenir problemas de saúde, é interessante realizar manutenções periódicas, geralmente anuais. Porém, é importante ficar atento a coceiras nos olhos, dores de cabeça e outros sintomas.

Eles podem significar a necessidade de limpeza ou troca dos filtros. Também fique atento a tubulações sujas, que podem fazer com que o aparelho libere ar contaminado. De vez em quando, desligue o aparelho e abra as janelas, ajudando na renovação e circulação do ar no ambiente.

Gostou de saber como incluir o ar-condicionado na reforma ou construção da casa? Então aproveite para assinar nossa newsletter e receber mais dicas para fazer o melhor projeto de climatização para o seu ambiente!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.