Afinal, como posso encontrar bons fornecedores para projeto de arquitetura?

4 minutos para ler

Um bom projeto arquitetônico depende de vários fatores para ser considerado um sucesso, como inovação, sustentabilidade, relacionamento com o cliente, escolha de bons fornecedores etc. Podemos dizer sem dúvidas que esse último item é uma verdadeira pedra no sapato tanto de profissionais iniciantes quanto experientes. Afinal, uma escolha mal-feita pode afundar o seu projeto todo, não é mesmo?

Pensando nisso, resolvemos listar algumas dicas para que você aprenda como encontrar fornecedores que possam se transformar em grandes parceiros da sua estratégia. Duvida? Continue lendo este artigo e descubra os melhores segredos.

Como encontrar bons fornecedores?

Analise a reputação do fornecedor

A gente sabe o quanto é complicado entregar um projeto de arquitetura fora do prazo. Muitas vezes os fornecedores atrasam e prejudicam todo o cronograma. Para evitar esse tipo de situação, analise a credibilidade dos parceiros antes de fechar o negócio. Vale buscar informações no Reclame Aqui, nas redes sociais, em revistas especializadas e até ouvir opiniões de colegas de profissão.

Outro ponto importante é avaliar os trabalhos antigos que já foram produzidos pelos fornecedores. Dessa forma você consegue verificar a qualidade do trabalho deles. Portanto, peça o portfólio e avalie com cuidado.

Visite o fornecedor

Quando surge o questionando sobre como encontrar fornecedores o erro mais comum é fazer a negociação online. Com a rotina agitada, o WhatsApp deixa o processo muito mais dinâmico. Porém, em alguns casos o contato pessoal pode ser um pouco melhor, pois ajuda a criar uma parceria duradoura. Ao visitar o local de produção, por exemplo, você faz uma avaliação mais completa sobre a qualidade do produto.

Durante a conversa, é possível também negociar de forma mais amigável as condições de pagamento, possíveis descontos e outros itens importantes.

Atente à flexibilidade

Ao escolher um fornecedor, procure criar uma relação de confiança. Mostre que se a parceria conquistar bons resultados, você o indicará para futuros trabalhos. Essa troca é importante para conquistar algo de muita importância: a flexibilidade. Afinal, quem nunca teve um problema em um projeto devido às condições climáticas, não é? Um bom parceiro pode salvá-lo nesses momentos de apuros.

Considere o custo-benefício

Na hora de negociar, tente focar somente na qualidade do produto. Em alguns momentos vale a pena ter um projeto diferenciado que nenhum profissional da área consegue entregar. Por outro lado, se o orçamento não permite, vá pelo serviço básico. Negocie pagamentos que estejam de acordo com o seu perfil.

Compare as possibilidades

Sem dúvidas, unir qualidade e preço é um grande desafio enfrentado pelos arquitetos. Entretanto, é preciso de atenção: não se deixe enganar por fornecedores que abaixam o preço de produtos que você não conhece a qualidade. Além disso, não pense que todo produto deve ter um preço muito alto.

Na batalha entre qualidade e preço dos produtos o vencedor só pode ser anunciado por meio de muita pesquisa. Inicialmente, busque fornecedores que podem oferecer tudo aquilo que você precisa. Em seguida, filtre quais são os profissionais que podem oferecer os melhores preços compatíveis com o mercado.

Percebeu o quanto a busca por fornecedores pode ser mais simples do que parece? Concordamos que exige um pouco de esforço, mas para o sucesso do seu projeto vale a pena fazer um empenho para encontrar o melhor parceiro, não é mesmo?

E se você pretende colocar ar-condicionado em seus projetos de arquitetura indicamos a Adias, pois há modelos com diferentes marcas e preços. Além do mais, entregam dentro do prazo, conforme combinado com o profissional.

Conhece outro colega de profissão que não sabe como encontrar fornecedores? Então, se você gostou deste artigo, compartilhe nas redes sociais para ajudá-los nesse momento tão importante.

 

Powered by Rock Convert
ar condicionadoPowered by Rock Convert

Posts Relacionados

Você também pode gostar

Deixe um comentário